03/03 Nossa Senhora das Sete Dores

“Oração das Sete dores de Nossa Senhora

Nossa Senhora das Sete Dores, Virgem dolorosíssima, seríamos ingratos, se não nos esforçássemos em promover a memória e o culto de vossas dores, vosso Divino Filho tem vinculado à devoção de vossas dores, particulares graças para uma sincera penitência, oportunos auxílios e socorros em todas as necessidades e perigos.

Alcançai-nos, Senhora, de vosso Divino Filho, pelos Méritos de vossas Dores e lágrimas, a graça… (faça seu pedido de uma graça)

1ª Dor: Pela dor que sofrestes ao ouvir a profecia de Simeão, de que uma espada transpassaria o vosso Coração, Mãe de Deus, ouvi a nossa prece!
Ave maria…

2ª Dor: Pela dor que sofrestes quando fugistes para o Egito, apertando ao peito virginal o Menino Jesus, para salvar das fúrias do ímpio Herodes, Virgem Imaculada, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

3ª Dor: Pela dor que sofrestes quando da perda do Menino Jesus por três dias, Santíssima Senhora, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

4ª Dor: Pela dor que sofrestes quando viste o querido Jesus com a cruz ao ombro, a caminho do calvário, virgem Mãe das Dores, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

5ª Dor: Pela dor que sofrestes quando assististes à morte de Jesus, crucificado entre dois ladrões, Mãe da Divina graça, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

6ª Dor: Pela dor que sofrestes quando recebestes em vossos braços o corpo inanimado de Jesus, descido da cruz, Mãe dos pecadores, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

7ª Dor: Pela dor que sofrestes quando o corpo de Jesus foi depositado no sepulcro ficando vós na mais triste solidão, Senhora de todos os povos, ouvi a nossa prece! Ave Maria…

Oração Final:

Daí-nos Senhora, a graça de compreender o oceano de angústias que fizeram de vós “Mãe das Dores”, para que possamos participar de vossos sofrimentos e vos consolemos pelo nosso amor e nossa fidelidade. Choramos convosco, ó Rainha dos mártires, na esperança de ter a fidelidade de um dia nos alegrarmos convosco no céu. Amém”

Magnificat
O “cântico de Maria” é bíblico e está no Evangelho de São Lucas, cap. 1, vers. 45 a 56.
Ei-lo:

E Maria disse:
A minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações, porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo. Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem. Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos. Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes. Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre.

Salve Rainha

Salve, Rainha, Mãe de misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve! A vós bradamos, os degredados filhos de Eva; a vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei; e depois deste desterro nos mostrai Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce sempre Virgem Maria.

Rogai por nós, santa Mãe de Deus.
R: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Confira também o Terço pedindo a luz em nossa mente e a Oração a Santa Clara.

Acompanhe o nosso canal no Youtube e o nosso perfil no Instagram.

A paz de Jesus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *